Para orçamentos e encomendas:

Ligue 61- 991020241 ou mande um e-mail: celiadf10@yahoo.com.br

03 março, 2009

Mamãe não trabalha


Era uma vez uma mulher que perdeu seu nome de batismo, ou melhor, trocou-o por outro muito usado: o de Mãe.
Sendo mãe, tornou-se uma pessoa essencialmente chata. A maior cobradora da paróquia: faça isso, faça aquilo...
O relógio toca. Começa a batalha.
- Vamos acordar, pessoal!
Corre ligar a água para o café. O leite também.
- Vamos, crianças, vistam o uniforme.
O pai já está no banho.
- Rápido. Tem aula.
Coa o café. Serve a mesa.
- Vamos, pessoal. Olhe a hora. Comam todo o pão. Escovem os dentes.
Pronto. O marido foi para o trabalho e os filhos para a escola. Trocou de roupa, retirou a mesa, limpou a louça do café. Arrumou as camas. Retirou o pó dos móveis. Chegou o verdureiro. Feitas as compras, corre ao açougueiro. Aproveita a saída e passa pelo banco e paga as contas de água e luz.
Volta correndo. Faz almoço. Olha o relógio. Está na hora do marido e os filhos chegarem.
( ... )
O pai pede que esquente novamente o macarrão. Conta que hoje o trabalho melhorou
muito, mas é para cuidar das despesas. Breve repouso e volta ao serviço.
A mãe lava a louça do almoço. A filha seca os pratos e o filho os talheres e se manda para o quintal. O cachorro aparece com os pêlos da cauda bem aparados.
( ... )
- Não gosta de ovo? Tem que comer. Faz bem à saúde. Fiquem quietos. Deixem o papai assistir ao noticiário sossegado. Ele está cansado. Trabalhou o dia todo.
- Vão já para o banho. Já arrumaram o material para amanhã? Mas que turma!
Desde que chegamos do dentista estou dizendo para irem para o banho.
Todos deitados. Verificação total da casa. Deixar a mesa arrumada para o café matinal.
- Ora, veja! O menino esqueceu de guardar um caderno.
Abriu-o. Deu uma olhada na lição. Ele preencheu uma página com dados pessoais:
seu nome completo, data de nascimento, local, e também dados familiares. Profissão do pai: mecânico. Profissão da mãe: não faz nada, só fica em casa.
Hália Souza

2 comentários:

Olímpia Bezerra disse...

Essa foi demais...doeu lá dentro!
Viva nós mulheres de força, resistência e dedicação.
Boa mensagem para levar à reflexão!
Criei um blog também. Ele ainda está um bebezinho, tem pouca coisa, mas passa lá, me faz uma visitinha!
Beijos!

Camila Pontes disse...

Eu adoro esse texto!!
Quando eu fazia 2a. série ele estava no meu livro (15 anos atrás), e eu fiquei encantada com ele... adorei vê-lo aqui!!